Publicado por: Sam | agosto 18, 2011

2012 – O FIM DO MUNDO! (CAPITALISTA!?)

Olá camaradas! Muito tempo sem postar nada, e hoje venho com uma coisa, digamos assim, um tanto quanto polêmica.

Levando em conta que quando começamos o blog fizemos uma série de posts sobre essas teorias de que o mundo acabaria em 2012, e agora estamos chegando lá, gostaria de começar a analizar algumas coisas. Tenho que admitir que minhas pautas não são mais as mesmas de 3 anos atrás, o último ano foi um período de crescimento “político” grande, e algumas coisas “abriram” minha cabeça.

Pois bem, falávamos sobre o fim do mundo… Digo que em 2012, o que pode acabar é de fato o mundo capitalista. Digo isso porque em diversos lugares do planeta revoltas populares vem ocorrendo, por pessoas que já (já?) perceberam que esse sistema privilegia poucos, e ferra com muitos. Então, o conteúdo desse post, e de uma possível série de postagens que farei agora, será um belíssimo “ctrl+c, ctrl+v” de coisas que procurarei por ai, que obviamente não sejam da “mídia burguesa” (se não entendeu o termo, é fácil achar sites falando sobre isso), mas que sejam de mídias alternativas. As últimas revoltas tem utilizado ferramentas como as redes sociais para se organizar, e hoje todo grupo que se organiza monta um blog, disponibiliza videos e coisas assim, que obviamente são encobertas pela nossa querida mídia burguesa.

Chega de blá blá blá e vamos aos fatos:

Revoltas

REVOLUÇÃO NA ESPANHA

“Na Espanha, há um regime democrático, no entanto, o clima de instabilidade política, econômica e social é evidente o que fez com que os manifestantes gritassem por uma democracia de fato. A corrupção mina as oportunidades no país e atinge principalmente os mais jovens, o resultado é um elevado índice de desemprego entre eles. Neste sentido, a revolução espanhola, também conhecida como 15-M, já entra para a história ao mostrar que a luta popular não termina na democracia, pelo contrário, uma vez nesta é que a batalha começa, justamente para que a democracia se exerça de fato, para que a política seja cidadã e participativa, não simplesmente uma esfera à parte da sociedade, onde predominam as mentiras e a corrupção.

O mais interessante de todo movimento que está sendo desencadeado na Espanha é perceber como não é só a política que está corrompida, como também boa parte da mídia direitista do país. Os manifestantes protestam contra a mídia conservadora que encobre a todo custo a corrupção enquanto rotula os manifestantes de comunistas acusando-os, inclusive, de manterem ligações com o ETA (Grupo Separatista Basco). Um mídia leviana e irresponsável. Daqui a pouco é hora do Brasil se mexer, afinal, em toda essa descrição, qualquer semelhança conosco não é mera coincidência…”

http://glaucocortez.com/2011/05/24/revolucao-dos-indignados-toma-conta-da-espanha-se-voces-nao-nos-deixam-sonhar-nos-nao-os-deixaremos-dormir/

CHILE

“Mais uma vez, a ANEL tem a oportunidade de demonstrar sua solidariedade ativamente à luta da juventude; dessa vez a chilena. Todas as universidades e colégios aqui estão “en toma”, ou seja: ocupados pelos estudantes. A juventude está protagonizando gigantescas mobilizações, que já chegaram a reunir meio milhão nas ruas, em diferentes partes do país. O frio, terrível, não é suficiente para deixá-los em casa. Muito menos a propaganda midiática, o gás lacrimogênio ou os jatos d`água tóxica da polícia.”

http://www.anelonline.org/?p=2300

MUNDO ÁRABE

“A revolta popular em países do mundo árabe já contagiou a Síria, onde os protestos sobem de tom e alastram a várias cidades, incluindo a capital, Damasco. Pelo menos duas dezenas de pessoas foram mortas só numa localidade, perto de Deraa, centro da rebelião, mas há relatos de mais vítimas mortais.”

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/revolta-popular-alastra-na-siria

Arábia Saudita

“Os elementos comuns que causam essas revoltas são basicamente de ordem política e econômica. Politicamente: estados ditatoriais, ausência de eleições, inexistência de organizações na sociedade civil, controle de poder por elites familiares. Economicamente: dependência da renda do petróleo, economia altamente concentrada. E isso tudo compõe a Arábia Saudita por excelência”, argumenta Reginaldo Nasser, doutor em Ciências Sociais e professor de Relações Internacionais na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo.”

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/internacional/2011/03/06/possivel-revolta-popular-na-arabia-saudita-desencadearia-crise-no-petroleo-afirmam-especialistas.jhtm

(uol, outra que nos tenta dizer que essas revoltas são ruins, pois vão causar problemas para nós, a crise do petróleo, blá blá blá)

Inglaterra:

(Agora o exemplo de uma mídia burguesa, que vai fazer de tudo para tentar nos convencer de que pessoas em busca de revolução são baderneiros.)

E agora, um vídeo, de uma fala feita pelo Daniel Puglia, professor da USP, realizada no dia 30/07/2011, na ocupação da FUNARTE pelo Movimento dos Trabalhadores da Cultura (do qual faço parte), que nos ajuda a entender um pouco esse tempo que vivemos (aliás, nos ajuda a entender perfeitamente). Eu ia cortar algumas frases e colocar aqui, mas ele constrói um pensamento durante todo o vídeo, que é muito interessante, então eu recomendo que vejam o vídeo todo.

É isso… no próximo post tentarei trazer números dessas revoluções, e outras que estão acontecendo. O post é longo, espero que não se cansem muito. E tomem cuidado com o que lerem por ai, procurem sempre mais de um meio de comunicação. Me acostumei a aqui em São Paulo, em movimentos com mil pessoas, a mídia divulgar que havia 300, 200 pessoas.

O mundo está, de fato, mudando, e talvez em 2012 ele já não seja como conhecemos hoje. (Assim espero)

Até a próxima.

Samuel Gambini

About these ads

Responses

  1. Como sei de muita coisa sobre o fim do mundo,vou esperar que algen entre no post para debater melhor.VALEU.

  2. Samca! Fico muito feliz que voltou a postar…e que belo post!!!

    É incrível que mesmo estando distante e dificilmente estamos conseguindo nos encontrar e trocar um diálogo, a gente esteja buscando pensamentos similares. Estou com um post preparado que…acredito que vc irá gostar. Vou continuá-lo hoje e tentarei postar no máximo até amanhã.

    Tenho percebido que muitos movimentos estão crescendo para ‘acordar’ a população mesmo. Com certeza estamos em um momento de mudanças muito importante, que vai mudar a cabeça de muita gente!!! Gostaria de discutir mais o assunto mas vou aguardar seus próximos posts… estou curioso :)

  3. [...] Postagem sobre os movimentos anti-capitalismo (por Samuel Gambini) Like this:LikeBe the first to like this post. [...]

  4. […] ser o pontapé que todos estamos precisando. Pensem sobre o assunto e mandem opiniões! Fontes: Postagem sobre os movimentos anti-capitalismo (por Samuel Gambini)Vídeo sobre o relato de um Anônimo (A Idéia) Tags: Arqueologia Proibida, Curiosidades, […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: